domingo, 24 de maio de 2009

O 48º. Aniversário

Sabemos que ninguém gosta de vêr os anos a passar como uma vertingem, mas o Aeródromo Base nº. 3, que aprendemos a preservar no nosso coração, feito saudade indelével desde o dia saudoso em que lográmos saber que Negage e A.B.3 são étimos da palavra SAUDADE, já porque se tornaram motivo de confraternização salutar em que se salienta a passagem de mais um aniversário da que foi... e é... uma efeméride inesquecível para todos os que sabem ter sido o Negage uma experiência de vida sem precedentes.
Ontem mesmo, no cenário magnificiente da Base Aérea nº. 1, na Granja do Marquês, em Sintra, reuniram-se cerca de 200 antigos "utentes" das instalações que o querer de alguns e a vontade de outros ergueram no Negage, ficando estas como penhor daquele espírito grandíloquente que foi apanágio dos nossos avoengos, quando, ao demandarem terras desconhecidas, erguiam padrões para a posterioridade.
Essa posterioridade está patente na amizade que ficou, nas saudades que se sentem, na imagem de uma Unidade modelar que deixámos a "perpetuar" o esforço Português de então! E desse passado nos orgulhamos, porque fomos dignos de quantos, combatentes de terra, ar e mar, regaram com o seu sangue as terras do Uíge... e não só! É a razão porque nunca deixamos de pedir à nossa Padroeira, Nossa Senhora do Ar, que interceda junto de Seu Filho Jesus para que esses nossos amigos estejam com Ele nas bem aventuranças do céu!
Foi bom rever amigos! E essa lembrança é extensiva aos que partiram, porque também são parte da nossa saudade!
Para o ano, se essa fôr a vontade do Pai do Céu, voltaremos a estar reunidos, recordando uma Unidade que nos foi bastante cara!
MUITO PODE QUEM QUER... e nós quizémos!

terça-feira, 5 de maio de 2009

48º. Aniversário do AB3

No próximo dia 23 de Maio vai ser comemorado mais um aniversário daquela que foi uma das mais queridas Unidades da Força Aérea em Angola.
Muitos daqueles que, em determinada altura das suas vidas, serviram o País durante as Guerras do Ultramar, deram o melhor de si mesmos nas terras do N'gage, irão estar presentes na festa comemorativa que irá acontecer em Sintra, na Base Aérea nº. 1 e na Academia da FAP, com a concentração junto da Porta d'Armas da BA1, às 10:00; pelas 11:00 será celebrada Missa evocativa da efeméride, na Capela de Nossa Senhora do Ar; às 12:00, frente ao Comando da BA1, será feita uma "foto de família"; às 12:30 será servido um almoço/convívio na Messe de Alunos da Academia; pelas 15:00 será efectuada uma visita ao Pólo de Sintra do Museu do Ar.
Não! Não está a ser lida a Ordem de Serviço do AB3, que dá o detalhe de serviço para o Dia da Unidade, onde tería-mos o Capitão Sá (Mouco) Nogueira a gritar a ordem, com aquela potente voz de comando que o tanto caracterizava: - "AVANÇA A BANDEIRA!". Não!!! Também não teremos o Capitão Brito, Comandante da PA, a berrar a plenos pulmões - "FIRMIIII...SENTIDO!".
Sentem-se saudades do Perestrelo... do Geadas... do Corbal... do Conceição e Silva... do Aníbal Freire... do Ramiro... do Abel Queirós... do Umbelino... do Belarmino... do Mesquita... do Capela... do Jacinto... do Saraiva... do Cravo... do Capelão Resende... do Manuel Pereira... do Melo... do Cavaco... do Caixas...do Portijo...do Pires... do Prego... do Amarelo... do Dr. Carlos Pinto... do Dr. Santos Silva... do Dr. Amândio Albuquerque...do Martinho Enfermeiro... do Noé... do Gandum... do Lanhas... dos Cabos Alegria, Corte Real, Maia e tantos outros, uns que já partiram, outros que vivem essa saudade de uma forma mais ou menos presentes neste dia de aniversário.
E também tenho saudades das irmãs Fernandes, a Isabel e a Apolónia, da Ana Maria da Cantina, do Valdemar da carpintaria, desaparecido trágicamente na DO-27 onde pereceram os Alferes Lamy, Leal Faria, Salgueiro Lopes, Sargento Mesquita... e de tantos outros funcionários civis que eram parte do AB3.
Parabéns, AERÓDROMO BASE Nº. 3! Vivemos contigo na memória!