sábado, 28 de março de 2009

O NEGAGE E A GUERRA... DO BIAFRA

Numa Base da FAP, um avião ao serviço do
Conselho Mundial das Igrejas,
no transporte de ajuda para o BIAFRA
*
* Para quem julgue que os Militares são "apenas e tão só máquinas de matar", gostaria de recordar algo que se passou já há mais de 40 anos, decorriam as guerras no Ultramar então Português. Não tinham os Militares para estas guerras destacados os meios de subsistência capazes de proporcionar a cedência de parte dos mesmos a outros com iguais ou maiores carências, mas aquilo que acontecia no Biafra, com a morte de milhares de inocentes e a destruição total dos bens necessários à sobrevivência de outros inocentes, levou a que fossem disponibilizados todos os excedentes capazes de mitigar a fome e dar agasalho aos mártires do Biafra em guerra.
* Um dos eventos mais dramáticos e comoventes acontecidos em África foi a Guerra de Biafra, que chocou o mundo com suas imagens marcantes e comoventes de adultos e crianças em estado de extrema subnutrição, ou simplesmente mortas.
* O agente causador da guerra foi o choque entre dois grupos étnicos da Nigéria.
* Biafra foi o nome que tomou a Região Sudeste da Nigéria ao proclamar a sua independência em 30 de Maio de 1967 .
* A Nigéria havia-se tornado independente em 1960, foi formada pela reunião do povo Ibo com o povo Hausa. Os Ibos eram provenientes da província de Biafra, a leste do país, e formavam a elite da Nigéria. De uma forma geral eram eles que tinham os melhores empregos e os melhores salários. Num golpe de Estado, em 1966, um grupo de oficiais do exército da etnia Ibo tomou o poder. No entanto, num contragolpe, o novo governo foi derrubado e os Ibos passaram a ser objecto de caça, sendo massacrados no país inteiro. Aqueles que conseguiram escapar fugiram para a sua província de origem e aí declararam a sua independencia.
* A província de Biafra era muito rica em petróleo. Por tal motivo, o governo não aceitou a sua separação, certamente porque ests era a região mais rica do país... e eles não a queriam perder, pudera.
* Este facto veio a resultar na guerra civil que teve início em 1967, e terminou em 1970, morrerendo então, aproximadamente, um milhão de pessoas, na sua maioria da etnia dos Ibos. O Biafra rendeu-se... e foi novamente anexado ao território da Nigéria. Desde o fim da guerra civil, o país tem sido governado pelos militares, com uma administração pública que se encontra completamente dominada pela corrupção.
Os Militares Portugueses , no momento em que tantos se viram sem esperança de vida, esqueceram os seus próprios problemas e disseram SIM .

Por ocasião da Guerra do Biafra foram editadas notas como esta que nunca chegaram a circular.

Sem comentários: